Modelo de Declaração de União Estável – Amásia

Disponibilizamos abaixo modelo de Declaração de União Estável para ser apresentada à Unidade Prisional para inclusão do (a) companheiro (a) no rol de visitas.

Esse documento é necessário para comprovação de vínculo afetivo, caso o (a) companheiro (a) não seja casado legalmente com o preso.

Mais informações sobre os documentos necessários para o rol de testemunhas e outros procedimentos para visita poderão efetuadas na seção de perguntas deste blog.

 

                                                                DECLARAÇÃO

 

NOME DA COMPANHEIRA (O) ______________________________________, brasileira, amasiada, profissão, portadora da cédula de identidade RG nº _______________ SSP/SP, inscrita no CPF/MF sob o nº ____________________, residente e domiciliada na cidade de ______________, Estado de _________________, na Rua ____________________________, nº ____, ___________, CEP ______, DECLARO para os devidos fins de prova junto à Secretaria da Administração do Estado de São Paulo que convivo em regime de UNIÃO ESTÁVEL, há mais de 03 (três) anos, com NOME DO PRESO (A) ____________________________________________, brasileiro, amasiado, profissão, portador da cédula de identidade RG nº _______________ SSP/SP, inscrito no CPF/MF sob o nº ____________________, MATRÍCULA _______, que encontra-se preso na _______________________________________________________.

Sendo expressão da verdade, sob as penas da lei, assino a presente juntamente com duas testemunhas abaixo qualificadas, que comprovam a veracidade dos fatos narrados na presente declaração.

______________, ___ de __________ de 20__.

 

_______________________________________

COMPANHEIRA

 

TESTEMUNHAS:

_________________________                                     _________________________

TESTEMUNHA 1                                                                          TESTEMUNHA 2

 
1)      TESTEMUNHA 1, brasileira, solteira, profissão, portadora da cédula de identidade RG nº ____________________, inscrita no CPF/MF sob o nº ___________________, residente e domiciliada na cidade de ________________, Estado de __________________, na Rua _________________________, nº _______, ____________, CEP __________________.

2)      TESTEMUNHA 2, brasileira, solteira, profissão, portadora da cédula de identidade RG nº ____________________, inscrita no CPF/MF sob o nº ___________________, residente e domiciliada na cidade de ________________, Estado de __________________, na Rua _________________________, nº _______, ____________, CEP __________________.

 

-> Preencher o modelo com as informações do (a) companheiro e das testemunhas e encaminhar para a Unidade Prisional por carta nominal ao detento, constando número da matrícula

-> Não se esqueça de reconhecer firma da assinatura do (a) Companheiro (a) e das duas testemunhas.

23 comentários em “Modelo de Declaração de União Estável – Amásia

Adicione o seu

    1. Prezada Sra. Andrea Anderson, Bom dia.
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas. Eu não consegui entender a dúvida da senhora. Poderia deixar um outro comentário explicando melhor? Fico no aguardo para poder lhe ajudar! Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.
      Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  1. Comentário recebido por e-mail, Sra. Rose Penido:
    Recebi por e-mail sua resposta e agradeço muito pelo esclarecimento. Que vocês continuem fazendo esse trabalho, de ajuda a todas essas pessoas que as vezes, não tem condições para fazer uma consulta e tirar suas duvidas, parabenizo vocês pelo trabalho humano que vem desenvolvendo pois, todos nós somos humanos e passivos de erros e no meio em que vivemos, podemos ver pessoas que poderiam estender a mão ao próximo e não estendem, nos presídios, podemos encontrar pessoas que erraram, mas querem a mudança e não sabem como proceder, só quem vive ou viveu esse problema tem condições de dizer um pouco de tudo que presenciamos nesse local, o sofrimento é muito maior do que imaginam as visitas são dolorosas para os detentos e também para os visitantes, o tratamento é igual para todos o atendimento da maioria dos funcionários de mal a pior, um verdadeiro inferno em vida. digo isso porque sempre quis fazer meu desabafo e graças a Deus, encontrei vocês que sabem o que todos os detentos e familiares presenciam e tem por obrigação se calar e engolir todo o sofrimento. Obrigada muito obrigada por vocês existirem e tentar com suas orientações, fazer com que o sofrimento do outro seja mais brando. Parabéns pelo trabalho realizado. O.B.S: Tentei enviar nos comentários acho que não consegui.

    Curtir

  2. Gostaria de saber como faço que que a união estável tem que ser reconhecida por ambos
    Já que o meu esposo está preso não teria como ele sair pra ir ao cartório comigo como faço????

    Curtir

    1. Prezada Sra. Leliane Silva, Boa tarde.

      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.

      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é gratuito (resposta de dúvidas, atendimentos a família de presos e etc) e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas, não só os Brasileiros, mas também aos presos Estrangeiros.

      Sim, claro que podemos te ajudar.

      Nesse caso apresentado, é necessário apenas o reconhecimento de firma da senhora, do preso não é necessário, bastando, se for o caso, ele apenas assinar.

      Caso o reeducando não possa assinar, a assinatura da senhora (da companheira) já é suficiente.

      Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.

      Em assim sendo, ficamos no aguardo de notícias e desejo boa sorte. Não deixe de falar para as outras famílias sobre nosso site http://www.liberdadeparatodos.com. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  3. Boa tarde doutor Yves , venho pedir uma ajuda,o meu marido teve direito a saidinha de pais deste ano e fico foragido 9 dias, ele foi pego no dia 28/8/2018, e transferido para a penitenciária de Assis,é na terça feira dia 4 eu liguei lá e me informaram que ele tinha sido transferido para penitenciária de Bernardino de Campos,aí eu liguei lá e me falaram que ele não está lá,por favor me ajude a saber aonde colocaram ele,pelo amor de Deus,eu já não sei aonde procura,o nome dele é André Saderio Lourenço,a matrícula dele é 881026,por favor me ajude

    Curtir

    1. Prezada Sra. Fernanda Americo Lourenço, Boa tarde.

      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.

      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é gratuito (resposta de dúvidas, atendimentos a família de presos e etc) e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas, não só os Brasileiros, mas também aos presos Estrangeiros.

      Sim, claro que podemos te ajudar.

      Nesse caso o mais adequado é a senhora entrar em contato com a última instituição que ele esteve preso para saber para onde ele foi transferido.

      Vale mencionar para a senhora e também para as outras famílias, para falarem aos entes queridos presos, a importância de não cometer faltas disciplinares, bem como, de não fugirem.

      Esse fato apenas acaba atrasando o cumprimento da pena, regredindo de regime e deixando mais distância o sonho da liberdade.

      Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.

      Em assim sendo, ficamos no aguardo de notícias e desejo boa sorte. Não deixe de falar para as outras famílias sobre nosso site http://www.liberdadeparatodos.com. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

    1. Boa tarde Jessica.

      A União Estável poderá ser desfeita por duas maneiras:
      Judicialmente ou Extrajudicialmente.
      No primeiro caso, a dissolução será declarada pelo Poder Judiciário por meio de ação judicial, e no segundo, a separação poderá ser feita no Cartório de Notas, sem a necessidade dos dois estarem no cartório e ingressar com ação judicial.
      Porém, a dissolução da união estável somente poderá ser feita no Cartório caso o pedido seja consensual e que os conviventes não possuam filhos menores (18 anos) ou maiores incapazes, onde os conviventes concordem com os termos da separação, como partilha de bens, eventual pensão alimentícia, guarda de filhos.

      Espero ter ajudado. E qualquer coisa é so entrar em contato.
      Laryssa Abade, estudante de Direito 4º ano e estagiaria no escritório Pescatori Galendi com o Dr. Yves Pescatori Galendi.

      Curtir

  4. Boa noite gostaria de saber se mandam essa união estável como carta pro meu namorado que está preso e assim que ele assinar e mandar de novo pra mim eu posso e no cartório pra reconhecer firma que com essa vai dar pra mim fazer a carteirinha da íntima no presídio ao ele se encontra?

    Curtir

    1. Prezada Sra. Denise, Bom dia.

      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.

      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é gratuito (resposta de dúvidas, atendimentos a família de presos e etc) e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas, não só os Brasileiros, mas também aos presos Estrangeiros.

      Não é necessária a assinatura do companheiro preso, ok?

      Basta a senhora assinar e reconhecer firma em cartório!

      Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.

      Em assim sendo, ficamos no aguardo de notícias e desejo boa sorte. Não deixe de falar para as outras famílias sobre nosso site http://www.liberdadeparatodos.com. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi, Advogado no Brasil, é formado em Direito pela Instituição Toledo de Ensino, Pós Graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Anhanguera, Pós Graduado em Direito Previdenciário pela Universidade Anhanguera, Pós Graduando em Direito Penal e Processual Penal pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio e Pós Graduando em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Imobiliário Aplicado pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Corporativo e Compliance pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Fluente em Inglês, Espanhol e Português. Autor de diversos sites e blogs jurídicos. Palestrante e Orientador Científico com diversos trabalhos e artigos acadêmicos.

      Curtir

  5. Boa tarde Dr. Ives

    Eu tenho uma situação complicada, não tenho mais nada com o detento, meu relacionamento acabou, mas tenho um filho dele, pequeno e o mesmo tem sofrido muito.

    O CDP de Suzano não me deixa entrar com a criança pq eu não tenho parentesco algum, como devo proceder, não é justo meu filho sofrer tanto assim.

    Apesar dele estar preso é um pai excelente, pode me ajudar?!

    Curtir

    1. Prezada Sra. Rute Cristiane, Bom dia.

      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.

      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é gratuito (resposta de dúvidas, atendimentos a família de presos e etc) e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas, não só os Brasileiros, mas também aos presos Estrangeiros.

      Primeiramente acho que a senhora deve procurar a Assistencia Social do CDP de Suzano, e relatar sua situação, que certamente terá um apoio das assistentes sociais do CDP, ok?

      No mais, no meu ponto de vista, a saída é que um familiar leve a criança, ok?

      Talvez Avô, irmão, avó…

      Espero ter ajudado, ok?

      Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.

      Em assim sendo, ficamos no aguardo de notícias e desejo boa sorte. Não deixe de falar para as outras famílias sobre nosso site http://www.liberdadeparatodos.com. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi, Advogado no Brasil, é formado em Direito pela Instituição Toledo de Ensino, Pós Graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Anhanguera, Pós Graduado em Direito Previdenciário pela Universidade Anhanguera, Pós Graduando em Direito Penal e Processual Penal pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio e Pós Graduando em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Imobiliário Aplicado pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Corporativo e Compliance pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Fluente em Inglês, Espanhol e Português. Autor de diversos sites e blogs jurídicos. Palestrante e Orientador Científico com diversos trabalhos e artigos acadêmicos.

      Curtir

  6. Eu estava preso vevir com um homem dentro da penitenciária sai e fiz a união estável. Para poder i visita só que a direção do presídio interferir por eu ter processo e pro não ter reconhecimento ter fim a do apenado só tem minha . O promonto negou meu pedido oq que eu faço pra o promotor proferir meu pedido . Agora tô ratificando meu nome pra Nayara já saiu a sentença o juiz poderia meu pedido te mudança de nome e gênero. Sou trans. Com nome retificado agora. Tenho que fazer pra união

    Curtir

    1. Prezada Sra. Nayara dos Santos Belarmino, Bom dia.

      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.

      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é gratuito (resposta de dúvidas, atendimentos a família de presos e etc) e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas, não só os Brasileiros, mas também aos presos Estrangeiros.

      Entendi sua questão e ficamos felizes que tenha regularizado sua situação e conseguido a mudança de nome e gênero!

      Você precisa preencher a declaração de união estável e reconhecer firma em cartório da sua assinatura.

      O seu companheiro também deve indicar o seu nome para o ROL de Visitas, ok?

      Acesse o modelo da declaração de união estável no link abaixo:

      https://liberdadeparatodos.com/2016/03/10/modelo-de-declaracao-de-uniao-estavel-amasia/comment-page-1/#comment-794

      Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.

      Em assim sendo, ficamos no aguardo de notícias e desejo boa sorte. Não deixe de falar para as outras famílias sobre nosso site http://www.liberdadeparatodos.com. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi, Advogado no Brasil, é formado em Direito pela Instituição Toledo de Ensino, Pós Graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Anhanguera, Pós Graduado em Direito Previdenciário pela Universidade Anhanguera, Pós Graduando em Direito Penal e Processual Penal pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio e Pós Graduando em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Imobiliário Aplicado pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Corporativo e Compliance pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Fluente em Inglês, Espanhol e Português. Autor de diversos sites e blogs jurídicos. Palestrante e Orientador Científico com diversos trabalhos e artigos acadêmicos.

      Curtir

    1. Prezada Sra. Ana Paula, Bom dia.

      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.

      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é gratuito (resposta de dúvidas, atendimentos a família de presos e etc) e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas, não só os Brasileiros, mas também aos presos Estrangeiros.

      Basta a senhora assinar e reconhecer firma da sua assinatura, ok?

      Após isso, encaminhar o documento junto dos demais documentos exigidos para a instituição prisional onde seu companheiro encontra-se recolhido, ok?

      Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.

      Em assim sendo, ficamos no aguardo de notícias e desejo boa sorte. Não deixe de falar para as outras famílias sobre nosso site http://www.liberdadeparatodos.com. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi, Advogado no Brasil, é formado em Direito pela Instituição Toledo de Ensino, Pós Graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Anhanguera, Pós Graduado em Direito Previdenciário pela Universidade Anhanguera, Pós Graduando em Direito Penal e Processual Penal pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio e Pós Graduando em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Imobiliário Aplicado pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Corporativo e Compliance pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Fluente em Inglês, Espanhol e Português. Autor de diversos sites e blogs jurídicos. Palestrante e Orientador Científico com diversos trabalhos e artigos acadêmicos.

      Curtir

    1. Prezada Sra. Luana, Bom dia.

      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.

      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é gratuito (resposta de dúvidas, atendimentos a família de presos e etc) e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas, não só os Brasileiros, mas também aos presos Estrangeiros.

      Basta a senhora assinar e reconhecer firma da sua própria assinatura, ok?

      Após isso, encaminhar a instituição prisional junto dos demais documentos necessários.

      Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.

      Em assim sendo, ficamos no aguardo de notícias e desejo boa sorte. Não deixe de falar para as outras famílias sobre nosso site http://www.liberdadeparatodos.com. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi, Advogado no Brasil, é formado em Direito pela Instituição Toledo de Ensino, Pós Graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Anhanguera, Pós Graduado em Direito Previdenciário pela Universidade Anhanguera, Pós Graduando em Direito Penal e Processual Penal pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio e Pós Graduando em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Imobiliário Aplicado pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Corporativo e Compliance pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Fluente em Inglês, Espanhol e Português. Autor de diversos sites e blogs jurídicos. Palestrante e Orientador Científico com diversos trabalhos e artigos acadêmicos.

      Curtir

    1. Prezada Sra. Xeila Santos, Bom dia.

      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.

      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é gratuito (resposta de dúvidas, atendimentos a família de presos e etc) e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas, não só os Brasileiros, mas também aos presos Estrangeiros.

      O modelo pode ser esse:

      https://liberdadeparatodos.com/2016/03/10/modelo-de-declaracao-de-uniao-estavel-amasia/comment-page-1/#comment-876

      Com relação aos documentos, a senhora pode verificar na nossa pagina referente ao CDP de Cerqueira Cesar:

      https://liberdadeparatodos.com/2016/03/11/centro-de-detencao-provisoria-cdp-cerqueira-cesar-informativo-geral/

      Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.

      Em assim sendo, ficamos no aguardo de notícias e desejo boa sorte. Não deixe de falar para as outras famílias sobre nosso site http://www.liberdadeparatodos.com. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi, Advogado no Brasil, é formado em Direito pela Instituição Toledo de Ensino, Pós Graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Anhanguera, Pós Graduado em Direito Previdenciário pela Universidade Anhanguera, Pós Graduando em Direito Penal e Processual Penal pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio e Pós Graduando em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Imobiliário Aplicado pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Corporativo e Compliance pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Fluente em Inglês, Espanhol e Português. Autor de diversos sites e blogs jurídicos. Palestrante e Orientador Científico com diversos trabalhos e artigos acadêmicos.

      Curtir

    1. Prezada Sra. Ester, Bom dia.

      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.

      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é gratuito (resposta de dúvidas, atendimentos a família de presos e etc) e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas, não só os Brasileiros, mas também aos presos Estrangeiros.

      Sim, apenas coloque os dados completos do companheiro na declaração, mas ele não precisa assinar, ok?

      Reconheça firma da sua assinatura e das testemunhas.

      Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.

      Em assim sendo, ficamos no aguardo de notícias e desejo boa sorte. Não deixe de falar para as outras famílias sobre nosso site http://www.liberdadeparatodos.com. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi, Advogado no Brasil, é formado em Direito pela Instituição Toledo de Ensino, Pós Graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Anhanguera, Pós Graduado em Direito Previdenciário pela Universidade Anhanguera, Pós Graduando em Direito Penal e Processual Penal pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio e Pós Graduando em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Imobiliário Aplicado pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Corporativo e Compliance pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Fluente em Inglês, Espanhol e Português. Autor de diversos sites e blogs jurídicos. Palestrante e Orientador Científico com diversos trabalhos e artigos acadêmicos.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: