Modelo – Declaração de Emprego (semi-aberto)

Disponibilizamos abaixo modelo de Declaração de Emprego para ser apresentada à Unidade Prisional para inclusão obtenção de emprego, quando em questão, o regime semi-aberto.

Esse documento é necessário para comprovação de possibilidade de emprego, caso o preso tenha possibilidade de exercer trabalho remunerado (casos de semi-aberto).

Mais informações sobre os documentos necessários e outros procedimentos, inclusive para progressão de regime, poderão ser efetuadas na seção de perguntas deste blog, ou via e-mail, direto com o Dr. Yves Patrick: yves@pescatorigalendi.com.br

Declaração De Proposta De Emprego

 
Eu…………………………………………….., portador da cédula de R.G. nº……………… C. P.F. nº…………………………..Proprietário da Empresa…………………………………………………..estabelecida na Cidade……………………….situada no endereço: Rua…………………………………………………………………….com inscrição no C.N.P.J. nº…………………………………Vem mui respeitosamente por meio desta declaração a quem possa interessar que o SR………………………………………..portador da cédula de R.G. nº……………………….e C.P.F. nº…………………………com residência sito Rua………………………….Bairro…………………..Cep…………Tem uma vaga disponível nesta empresa, para o seu retorno ao convívio á sociedade através do Benefício Regime Semi-Aberto/Regime Aberto  para prestar serviço nesta empresa em horário comercial das 08:00hrs ás 18:00hrs por ser expressão de verdade firmo o presente e dou Fé.

…………………………..de……………………………………..20

Assinatura: proprietário da empresa

65 comentários em “Modelo – Declaração de Emprego (semi-aberto)

    1. Prezada Sra. Géssica, boa tarde! Inicialmente é um prazer poder ajudá-la. Com relação a autenticação e reconhecimento de firma, não é obrigatório. Em todo caso, é muito indicado que seja feito o reconhecimento e autenticação, ok? Se possível, autentique! Qualquer dúvida estamos á inteira disposição. Seguimos juntos na luta pela População Carcerária, contra a opressão e o sistema falido! Forte abraço! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi.

      Curtir

      1. Prezado Sr. Douglas, boa tarde. Sim, caso o funcionário preste serviço, deve ser registrado em CTPS o contrato de trabalho, ok? Caso não registre, está sujeito a reclamação trabalhista, indenização e outras sanções. Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

        Curtir

      1. Prezado Sr. Walason, Bom dia.
        Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-lo.
        Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas.
        Sim, claro que podemos te ajudar. Inicialmente, caso você tenha possibilidade, consulte a instituição prisional que sua ente querida encontra-se reclusa e obtenha maiores informações sobre essa questão, que costuma variar de instituição para instituição. A carta de emprego é emitida por algum estabelecimento conveniado que tenha vaga para o reeducando. Pode ser emitido por qualquer empresa. É melhor que possua CNPJ. Nessa situação que você está expondo, como proprietário do restaurante o senhor pode tudo, mas, certamente essa não é a atitude mais correta, concorda? Sugiro que busque uma outra forma, principalmente, verificando com a Instituição Prisional os estabelecimentos conveniados para trabalho de reeducandos. Ressaltando que a carta deve ser apresentada também ao Juízo da Execução Criminal. Sugiro que converse com um advogado de sua confiança. Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.
        Em assim sendo, ficamos no aguardo e na torcida pela progressão de regime. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

        Curtir

  1. Olá Dr, Boa noite!
    Obrigada pela assistência ofertada. Gostaria de saber mais uma coisa, no caso do interno não ter identidade e cpf pode-se colocar só o nome completo, data de nascimento e nome dos pais?
    Att, Gessica S.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezada Sra. Géssica, bom dia! Para nós é um prazer ajudar a família carcerária, não tem o que agradecer. Caso o reeducando não tenha esses documentos, pode sim colocar o nome dos pais, sem problema algum. Essa medida facilita a identificação. Vale ainda ressaltar, que é valido assinar o documento (declaração de emprego), acompanhado de duas testemunhas ao final, ok? Isso fornece ainda mais credibilidade. Estamos á inteira disposição! Um grande abraço e conte sempre conosco. Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – Na luta pela família carcerária Brasileira. População oprimida e humilhada.

      Curtir

      1. Poxa Dr não foi assinada pelas duas testemunhas,so pude ver seu comentário hoje. Foi só registrada em cartório pelo dono da empresa,consegui um modelo com a defensora pública que esta no caso dele. Ela nao me alertou disso. Obrigada a vc!!! Deus abençoe o seu trabalho. Todos merecemos uma segunda chance nao é mesmo Dr?!

        Curtido por 1 pessoa

      2. Prezada Sra. Gessica, boa noite! Não tem problema, fique tranquila. É recomendado o reconhecimento de firma de todos, mas, isso por cautela. O reconhecimento na assinatura do empregador (Dono da empresa) é o essencial. A defensora pública, já por ter fornecido o modelo, demonstrou estar interessada na questão, e, certamente te ajudará e fará um bom trabalho! Espero ter esclarecido. Conte sempre conosco! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017

        Curtir

    1. Prezada Sra. Mirian, bom dia! Não entendi muito bem sua solicitação, mas, nos envie um e-mail explicando o caso que elaboramos especial para você a declaração solicitada e depois disponibilizamos para acesso a toda família carcerária. Fico no seu aguardo. Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  2. Boa Tarde , Tenho uma irmão compre a prisão em liberdade
    quando ele saiu da cadeia começou a trabalhar mais sem carteira assinada
    e ele devia ir fazer serviço comunitário
    mais acabou não foi fazer devido está trabalhando
    agora o tribunal querem que ele leve uma declaração que comprove que ele tava trabalhando
    podem me informar qual é o Modelo dessa declaração ?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezado Sr. Tiago, bom dia! Inicialmente é um prazer ajudá-lo. Você pode utilizar essa declaração de emprego, e apenas alterar alguns dizeres para incluir que o reeducando prestou serviços de uma data até a outra. Caso tenha dificuldade, nos envie um e-mail que elaboramos a declaração sem qualquer custo para o senhor. Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  3. Boa noite! Estou com um parente que está na iminência de progressão do regime semi aberto. Portanto, surgiu uma dúvida. Sua mãe poderá lhe dar esta carta de emprego como pessoa física para cuidador de idoso, já que possui curso de auxiliar de enfermagem?

    Marcos

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezado Sr. Marcos, bom dia! Inicialmente é um prazer poder ajudá-lo. Sim, sendo uma vaga realmente existente, é possível ser emitido da maneira informada. Sugiro que reconheça firma do documento. Caso seja possível, sugiro que instrua o pedido também com o certificado do curso de auxiliar de enfermagem, e esclareça essa formação na petição. Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato. Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

    1. Prezado Sr. Marcos, boa tarde! Sim, eu entendi que já era algo complicado. Em todo caso, acho bom sempre nos pautarmos no bom senso… É uma questão que certamente é possível de ocorrer, mas vai ser vista com quais olhos pelo magistrado? Entendeu a questão? Possível é, mas o resultado acertado e êxito é pouco provável… Acho que vale mais a pena, buscar um outro tipo de ocupação ou vaga de trabalho. Vale também a pena verificar na central de penas alternativas, verificar empresas conveniadas, e etc. Essa informação pode também ser obtida junto ao estabelecimento prisional que ele cumprirá a pena (semiaberto). Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato. Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  4. Boa noite Dr! Primeiramente, obrigada pela assistência prestada e pela sua atenção.
    Gostaria de saber o que significa isso: Vistos, etc. Atento ao comando normativo do art. 5º LICC, c/c art. 3º do CPP, entendemos face o recrudescimento da violência social, que o largo poder de cautela do juiz se impõe ao caso de que se cuida, eis porque determino o ato de averiguação, tarefa a ser efetuada por oficial de justiça, em minudente certidão, a qual deve noticiar a regularização de empresas, com seu respectivo CNPJ, a vaga e a respectiva função a ser atribuída ao interno.
    Desde já,agradeço.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezada Sra. Gessica, boa noite! É um prazer poder ajudá-la. Esse despacho acima mencionado, diz respeito a possibilidade do MM. Juiz, solicitar informações diretas a empresa para qual foi declarado que o reeducando trabalha. A empresa fica obrigada a responder ao Juízo, através de um Oficial de Justiça que vai até o endereço da empresa, sob pena do crime de desobediência, se o reeducando está trabalhando mesmo, qual sua ocupação, função, comportamento e etc. Ou seja, essa é a averiguação mencionada, no sentido de verificar se existe mesmo o emprego declarado, através da Declaração de Emprego que temos o modelo. Espero ter esclarecido. Conte sempre conosco! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017

      Curtir

  5. Meu caro boa tarde, uma pessoa no regime semi aberto estava esperando ser intimado para cumprir o restante a pena recebida, e nesse período conseguiu um emprego, e agora já intimado irá comparecer, a pessoa pode abrir uma empresa pela circunstância em que adquiriu condições para isso, assim sendo, pedir demissão da empresa que já até apresentou ao judiciário que trabalha nela, e tocar seu próprio negócio? Mantendo o benefício do semi aberto?

    Curtir

    1. Prezado Sr. Jonathas, boa noite! Certo, entendi a situação. Sim, é possível, mediante autorização do E. Juízo. Sugiro que o senhor converse com o advogado responsável pelo caso, ou contrate um advogado de sua confiança. Deve ser elaborada uma petição informando o Juízo competente da Vara da Execução Criminal, sobre a questão de possibilidade de abertura de empresa e necessidade de substituição mas manutenção do benefício do regime semiaberto. Vale a pena juntar a documentação que atesta a possibilidade de abertura da empresa e outros documentos que justifiquem essa situação. Sugiro ainda que solicite o despacho pessoal junto ao Juízo das Execuções Criminais para ter maior chance no deferimento do pedido. Espero ter esclarecido e estou á disposição para dúvidas. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

    1. Prezada Sra. Edna Lúcio, boa tarde. Para essa carta ou declaração de emprego, já temos um modelo disponível para a família carcerária. Abaixo segue o link:
      https://liberdadeparatodos.com/2016/05/18/modelo-declaracao-de-emprego-semi-aberto/

      Esperamos ter lhe ajudado e qualquer dúvida estamos á inteira disposição. Seguimos juntos das famílias, dando força, orientação e paz! Um grande abraço. Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi.

      Curtir

  6. Vocês tem um modelo de carta de emprego onde se pede com justificativa a liberdade de rota do reeducando no horario de trabalho, pois no meu caso tenho proposta de trabalho mais pelo fato de esse trabalho ter necessidade de visitas em empresas e minha rota ser fixa apenas da residencia até o trabalho ou vice e versa precisava de um modelo pra poder fazer a nova carta.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezado Sr. Carlos Alexandre, bom dia! É um prazer ajudar o senhor. Nessa luta estamos juntos, unidos com a família carcerária. Nesse caso, o mais adequado é utilizar essa mesma declaração de emprego, e fazer uma adequação ao final dela com essas informações. Esse fato também deve ser informado ao Juízo da Execução. Entre em contato com um advogado de sua confiança ou através da defensoria pública. Vá atrás o quanto antes, tendo em vista a dificuldade de conseguir uma colocação no mercado de trabalho! Siga firme e consciente de que vai dar tudo certo! Restando qualquer dúvida, conte conosco que vamos ajudar com o maior prazer. Informe as demais famílias, curta e comente no nosso site. Essa é a forma que temos de LUTAR PELA FAMÍLIA CARCERÁRIA. Estamos á inteira disposição! Um grande abraço e seguimos juntos nessa luta. #cantaliberdade – Família Carcerária – http://www.liberdadeparatodos.com – Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi.

      Curtir

  7. Boa noite Dr. Obrigada pela atenção e assistência sempre prestada. Por favor, gostaria de saber o que significa isso:
    Mandado nº: 001.2017/072786-7 Situação: Cumprido – Ato negativo.
    Estamos aguardando a oficial de justiça ir ao local de trabalho que o interno irá trabalhar. Ela nao compareceu ate o dia de hoje mas colocou isso no sistema.
    Desde já, agradeço.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezada Sra. Jéssica, bom dia! É um prazer ajudar a senhora. Nessa luta estamos juntos, unidos com a família carcerária. A dúvida é simples. Esse andamento processual diz que o cumprimento do mandado foi negativo. Ou seja, o Oficial já tentou ir até o local mas não conseguiu entregar a intimação. Pode ser porque não tinha ninguém no endereço indicado, ou endereço não localizado, e muitas outras possibilidades. Sugiro que procure o Fórum e esclareça a situação pessoalmente. Caso tenha possibilidade, contrate um advogado de sua confiança. Restando qualquer dúvida, conte conosco que vamos ajudar com o maior prazer. Informe as demais famílias, curta e comente no nosso site. Essa é a forma que temos de LUTAR PELA FAMÍLIA CARCERÁRIA. Estamos á inteira disposição! Um grande abraço e seguimos juntos nessa luta. #cantaliberdade – Família Carcerária – http://www.liberdadeparatodos.com – Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi.

      Curtir

  8. Dr. tem um amigo nosso que em 2004 conseguiu o semi-aberto m Palmas Tocantins com obrigação de assinalar o ponto todos os dias na justiça… Em vez disso conseguiu um emprego em Anápolis/GO e veio embora, só que não avisou nem pegou nenhuma declaração ae que foi o problema, que anos depois em 2016 foi preso por causa disso e deportado a Palmas de novo na mesma situação de antes! Agora ele quer voltar e quer fazer a coisa certa! nesse caso essa declaração acima funcionaria pra ele? Pode-se fazer uma declaração tanto de CPF ou CNPJ ou de emprego, ou de prestação de serviço?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezado Sr. Jefferson, Bom dia! Inicialmente é um prazer poder ajudá-lo. O maior erro nesse caso foi não ter comunicado o Juízo da Vara das Execuções, informando que havia conseguido o emprego. Desta vez, contrate um advogado de sua confiança para que tome as medidas cabíveis em Juízo. Sim, essa declaração serve. Sugiro que inicialmente verifique junto a Instituição Prisional que ele se encontra preso, as empresas conveniadas para o trabalho e etc. Caso reste alguma dúvida, pode perguntar! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

    1. Prezada Sra. Denise Rocha, boa tarde! Inicialmente é um prazer poder ajudá-la. Sim, sendo uma vaga realmente existente, é possível que a senhora emita a carta. Sugiro que reconheça firma do documento. Caso você tenha possibilidade, consulte a instituição prisional que sua neta encontra-se reclusa e obtenha maiores informações sobre essa questão, que costuma variar de instituição para instituição. Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato. Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  9. Oi Dr. Tudo bem meu marido vai entrar no semi aberto a um mês, gostaria que o Senhor me esclarecesse onde consigo uma carta de emprego? a quem eu peço ? Desde já agradeço a atenção, obrigada.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezada Sra. Joyci, boa tarde! Inicialmente é um prazer poder ajudá-la. Sim, claro que posso te ajudar. Inicialmente, caso você tenha possibilidade, consulte a instituição prisional que seu marido encontra-se recluso e obtenha maiores informações sobre essa questão, que costuma variar de instituição para instituição. A carta de emprego é emitida por algum estabelecimento conveniado que tenha vaga para o reeducando. Pode ser emitido por qualquer empresa. Deve ser apresentada também ao Juízo da Execução Criminal. Sugiro que converse com um advogado de sua confiança. Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato. Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  10. olá Boa tarde ,meu marido pegou 3 anos e 6 meses no semi aberto ele está 6 meses.
    Eu tenho uma carta de emprego pra ele ,onde devo entregar ele é assistido por defensoria,ele foi preso por porte ilegal de arma e eu dei uma pesquisada e vi que depois de 1/6 da pena o regime abriria para o aberto gostaria de saber se isso funciona realmente se demora para o sistema ver isso e onde eu devo entregar essa carta de emprego .
    Desde há obg pela atenção

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezada Sra. Tamires, Bom dia.
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas.
      Você deve dirigir-se a Defensoria Pública da sua cidade e solicitar atendimento de um defensor público. Se você quiser, pode comentar novamente encaminhando o nome completo do seu marido e número da execução se você tiver, que vamos fazer uma busca, e verificar qual o colega da defensoria está atuando na execução do seu esposo, ok?
      A progressão de regime realmente funciona, mas ele precisa ter bom comportamento ok?
      Em assim sendo, ficamos no aguardo e na torcida pela progressão de regime. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  11. Bom dia Dr.
    A empresa que contratar o preso , precisa ter CNPJ ? Ou não e obrigado a ter ?
    E se o preso conseguir emprego em outro estado , ele pode ficar indo somente assinar? Ou será transferido pro semiaberto desse outro estado?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezada Sra. Bruna, Bom dia.
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas.
      Sim, claro que podemos te ajudar. Inicialmente, caso você tenha possibilidade, consulte a instituição prisional que seu ente querido encontra-se recluso e obtenha maiores informações sobre essa questão, que costuma variar de instituição para instituição. A carta de emprego é emitida por algum estabelecimento conveniado que tenha vaga para o reeducando. Pode ser emitido por qualquer empresa. É melhor que possua CNPJ. Em caso de emprego em Outro Estado, entendo que tal questão dependerá da apreciação do MM. Juiz da VEC, mas, na melhor das hipóteses, será sim transferido para o semiaberto do outro estado. Deve ser apresentada também ao Juízo da Execução Criminal. Sugiro que converse com um advogado de sua confiança. Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.
      Em assim sendo, ficamos no aguardo e na torcida pela progressão de regime. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

    1. Prezada Sra. Juliana, Bom dia.
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas.
      Em meu humilde ponto de vista como advogado criminalista, acredito que, tudo, tudo que demonstre algo bom, ou alguma qualidade, de reeducando, deve sim ser utilizado em seu favor. A declaração de emprego pode sim instruir apelação, para demonstrar também a personalidade do réu. Vale ainda lhe apresentar um outro documento igualmente útil, que é a declaração de boa conduta, que a senhora pode acessar no link:
      https://liberdadeparatodos.com/2017/05/04/declaracao-de-boa-conduta-modelo-gratis/
      Em assim sendo, encaminhe os documentos e/ou links ao advogado responsável pelo caso. Ficamos no aguardo de notícias e na torcida pelo sucesso do recurso de apelação. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  12. boa noite , meu marido ja esta no semi aberto mas prescisa da carta de trabalho para que possa ser transferido a cidade de origem pode ser esta e ela obrigatoriamente tem que ser autenticada?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezada Sra. Adriana, Bom dia.
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas. Que ótimo ele já estar no semiaberto! Sugiro que você vá até a instituição prisional que ele se encontra, e verifique lá, quais as entidades e empresas conveniadas para a prestação de serviço. Caso tenha alguma outra empresa, você também pode tentar a vaga, ok? É o que costume dizer, a carta autenticada, terá sim um maior valor, então, se possível, autentique! Conte sempre conosco. Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  13. Boa Tarde tenho um pequeno negocio com distribuição de cremosinhos ,minha amiga pediu que eu fissese uma declaração de emprego pro irmão dela que esta preso em regime semi aberto .eu posso fornecer essa declaração pra ela ?
    Como eu faço, o meu pquebo negocio não tem firma registrada posso fazer sem nenhum problema ?me ajude o mais rápido possível.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezada Sra. Viviane Rocha, Boa tarde.
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas. Que ótimo o irmão dela já esta no semiaberto! Sugiro que você fale pra ela ir até a instituição prisional que ele se encontra, e verifique lá, quais as entidades e empresas conveniadas para a prestação de serviço. Caso tenha alguma outra empresa, você também pode tentar a vaga, ok? Essa vaga que você quer disponibilizar, pode sim ser aceita. Faça a carta com o modelo de declaração e reconheça firma. É o que costumo dizer, a carta autenticada, terá sim um maior valor, então, se possível, autentique! Conte sempre conosco. Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  14. Prezado Dr. Yves,
    Tenho um amigo que foi condenado e o regime inicial estabelecido para cumprimento de pena foi o semi-aberto. Acontece que esse amigo respondeu ao processo em liberdade e possui emprego com carteira assinada, exercendo a função de caminhoneiro. Ou seja, ele viaja com frequência.
    O medo do meu amigo é perder o emprego em virtude da necessidade de se recolher para cumprimento da pena.
    Há alguma medida a ser tomada para que ele continue com o emprego dele, nas mesmas condições (trabalhando com as viagens), mas sem prejuízos do regime semi-aberto?
    Grato desde já pela atenção.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezado Sr. Marcelo, Boa tarde.
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas. Sim, é totalmente possível ajudar esse amigo caminhoneiro. Ele deve fazer uma declaração, ou, pegar uma declaração na referida empresa, que atua como caminhoneiro, possuindo jornada diferenciada e etc. Assim que tiver esse documento, entrar em contato com u advogado de confiança para que esse junte ao processo de execução criminal, explicando os motivos ao MM. Juiz e solicitando essa liberação, ok??? Não deixe de fazer, pois o descumprimento das condições, pode regressar ao regime fechado!!!! Conte sempre conosco. Em assim sendo, Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  15. dr eu fiu condenado a 10 de prisao em um crime de estruplo de vulneravel, ja peguei 3 anos e 8 mes e trabalho no serviço interno e ja tenho 228 dias de remissão ja entrei no sem-aberto eu tenho direito de pedir perdão de pena se não tenho, qual seria o meu direito que me resta

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezado Sr. Valdecy Ramalho, Bom dia!
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-lo.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas. Temos no site uma matéria sobre indulto, sugiro que dê uma olhada, segue o link abaixo:
      https://liberdadeparatodos.com/2017/01/20/indulto-aos-presidiarios-em-2017-decreto-8-9402016-confira-se-voce-tem-direito-www-liberdadeparatodos-com/
      Se o senhor quiser me passar seus dados, podemos fazer uma busca mais detalhada para tentarmos localizar sua execução.
      Com relação aos dias trabalhados, é sim caso de remição de pena.
      Logo você terá direito ao aberto, bem como, livramento condicional.
      Em assim sendo, Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  16. Bom dia Dr.Yves…. em primeiro lugar meus parabéns pela sua atitude e ajuda nesse momento tão dificil…. meu marido ja esta no semi aberto e precisa de um trabalho para ir para o extramuro ele é enfermeiro e queria saber se no caso ele poderia cuidar do meu pai que esta com problemas de saude, porem minha mãe não possui empresa, como poderia fazer essa contratação?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezada Sra. Cristina Mesquita, Bom dia!
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas. Agradeço vossas palavras, estamos juntos e unidos com a família carcerária. Sim, é totalmente possível resolver a situação do seu marido. A senhora deve fazer uma declaração, detalhando o serviço, conforme nosso modelo. Assim que tiver esse documento, entrar em contato com um advogado de confiança para que esse junte ao processo de execução criminal, explicando os motivos ao MM. Juiz e solicitando essa liberação, ok??? Sugiro ainda que a senhora vá até a instituição prisional que ele se encontra, e verifique lá, quais as entidades e empresas conveniadas para a prestação de serviço. Caso tenha alguma outra empresa, você também pode tentar a vaga, ok? Essa vaga que você quer disponibilizar, pode sim ser aceita. Faça a carta com o modelo de declaração e reconheça firma. É o que costumo dizer, a carta autenticada, terá sim um maior valor, então, se possível, autentique! Conte sempre conosco. Em assim sendo, Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  17. Bom dia! Gostaria de saber uma informação, estou com um amigo no regime semiaberto, gostaria de saber se a empresa que fazer a carta de emprego para ele precisa assinar a carteira de trabalho dele ou pode fazer um contrato de trabalho?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezada Sra. Alexandra, bom dia.
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas. Que ótimo o seu amigo já esta no semiaberto! Sugiro que você fale pra ela ir até a instituição prisional que ele se encontra, e verifique lá, quais as entidades e empresas conveniadas para a prestação de serviço. Caso tenha alguma outra empresa, você também pode tentar a vaga, ok? Nesse caso não é necessário o registro em CTPS. O contrato de trabalho é sim totalmente válido. Se necessitar de um modelo, me avise que lhe envio ok? Conte sempre conosco. Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

    1. Prezada Sra. Samanta Stelo, bom dia.
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas. Não entendi muito bem a sua dúvida, em todo caso, sugiro que você com os funcionários da instituição prisional que você se encontra, e verifique lá, quais as entidades e empresas conveniadas para a prestação de serviço. Caso tenha alguma outra empresa, você também pode tentar a vaga, ok? Caso não tenha conseguido esclarecer, me envie uma nova pergunta, ok? Conte sempre conosco. Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

    1. Prezada Sra. Bianca Rosario, bom dia!
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas. Agradeço. Conte sempre conosco. Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  18. Boa tarde, gostaria de saber se a cotratante pode ser uma pessoa que tenha empresa registrada mais a dela é autôma, ela pode está oferecendo essa carta de emprego? Obrigada, desde já.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezada Sra. Lanne Oliveira, bom dia.
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas. Sugiro que você verifique na instituição prisional que a pessoa se encontra, e verifique lá, quais as entidades e empresas conveniadas para a prestação de serviço. Caso tenha alguma outra empresa, você também pode tentar a vaga, ok? Pode sim ser autônoma. O contrato de trabalho é sim totalmente válido. Se necessitar de um modelo, me avise que lhe envio ok? Essa questão também vai depender da análise do MM. Juiz da Vara das Execuções, ok? Conte sempre conosco. Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  19. Bom dia. Tem um terreno aqui na minha cidade, porém não tem numero de CNPJ, e o documento desse terreno esta na mão do juiz a muitos anos (Herança). Quero saber como posso fazer essa carta de emprego?
    Obrigada!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezada Sra. Cristianne, bom dia.
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas. A carta de emprego está disponível no nosso site:
      https://liberdadeparatodos.com/2016/05/18/modelo-declaracao-de-emprego-semi-aberto/comment-page-1/#comment-260

      Basta preencher com as informações referentes e encaminhar ao advogado responsável. Vale a pena entrar em contato com a instituição prisional onde ele se encontra preso, para verificar vagas, instituições conveniadas, etc… Conte sempre conosco. Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

  20. Doutor bom dia, tem um tio meu que foi preso, cumpriu 14 ano de prisão e agora esta em regime aberto, comparece no fórum uma vez por mês, antes de ser preso ele era pescador profissional, hoje continua sendo, acontece que os horarios de pesca são normalmente a noite, o que ele deve fazer ?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezada Sra. Karina, bom dia.
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas. Que ótimo que seu tio já está no aberto! Esse caso deve ser apresentado ao Juiz da Vara das Execuções Criminais, onde ele assina, justificando essa questão e comprovando documentalmente a atividade de pescador profissional. É totalmente possível resolver, para que ele não corra o risco de regredir para o semiaberto por descumprimento. Procure um advogado de sua confiança. Se ficar alguma dúvida, me diga. Um forte abraço a todos os pescadores!!! Conte sempre conosco. Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s