Saiba como funciona o pecúlio.

O pecúlio é como se fosse um banco que o presidiário tem para fazer compras. No pecúlio não há contato direto do presidiário com o dinheiro, portanto, quem administra o dinheiro é a unidade prisional e os produtos são entregues ao presidiário.

Na penitenciária feminina de Pirajuí funciona da seguinte forma:

Quanto ao depósito é possível realiza-lo de duas maneiras:

1- indo visitar aos domingos e deixando o dinheiro na portaria do presídio.

2- pelo correio. Pelo correio é necessário, mesmo que não sejam realizadas visitas, que a pessoa esteja devidamente cadastrada no hall de visitas. Dessa forma, será entregue um vale postal para o presídio. Há custas de envio, mais a custa do telegrama de aviso (que consiste em um aviso que os correios fazem ao presídio para que o mesmo fique ciente que há um valor na conta).

NÃO é possível que outras pessoas senão as cadastradas no hall de visitas façam depósitos. Nem no próprio presídio, nem pelos correios. SOMENTE os cadastrados poderão depositar valores.

imageFeito o depósito a presidiária recebe uma vez por mês uma lista na qual constam os itens que podem ser adquiridos, a mesma escolhe quais deseja e os pedidos são feitos, o mercado envia esses pedidos no presídio e os mesmo serão entregues a cada presidiária.

Podem ser adquiridos itens como cigarros, alimentos (como refrigerantes e chocolates) pois os alimentos de necessidade básica e de higiene são fornecidos pelo presídio.

LIBERDADE PARA TODOS

Matéria escrita pela estagiária Victória Pescatori,

Do escritório Advocacia Pescatori Galendi.

Supervisão Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi.

JUNTOS NA LUTA COM A FAMÍLIA CARCERÁRIA BRASILEIRA.

8 comentários em “Saiba como funciona o pecúlio.

Adicione o seu

  1. QUERO ME EXPRESSAR AQUI POR SER DEFICIENTE E AGRADECER PELA DILIGENCIA DO SENHOR YVES QUE ME ATENDEU MUITO BEM E TIROU MINHAS DUVIDAS POR EU TER UM FILHO PRESO

    SENHOR YVES , MUITO OBRIGADO !! ATT, EZEQUIEL

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezado Sr. Ezequiel Vitorino da Silva, Bom dia.
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-lo.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas.
      Esse é o grande motivo que me faz continuar com essa luta, na ajuda a família carcerária. Hoje é um sábado, e está chovendo. Eu poderia estar na minha casa, deitado, descansando, mas decidi vir dar uma atenção a essas pessoas que tanto necessitam, e, isso me faz ter a certeza que fiz a opção certa, levantei e vim para o escritório. Vamos aguardar uns meses, e me procure novamente, que vamos verificar a possibilidade de progressão de regime do caso do seu filho! Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.
      Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

    1. Prezada Sra. Irani Martins, Bom dia!

      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.

      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é gratuito (resposta de dúvidas, atendimentos a família de presos e etc) e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas, não só os Brasileiros, mas também aos presos Estrangeiros.

      Agradeço o seu apontamento!

      Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.

      Em assim sendo, ficamos no aguardo de notícias e desejo boa sorte. Não deixe de falar para as outras famílias sobre nosso site http://www.liberdadeparatodos.com. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi, Advogado no Brasil, é formado em Direito pela Instituição Toledo de Ensino, Pós Graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Anhanguera, Pós Graduado em Direito Previdenciário pela Universidade Anhanguera, Pós Graduando em Direito Penal e Processual Penal pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio e Pós Graduando em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Imobiliário Aplicado pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Corporativo e Compliance pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Fluente em Inglês, Espanhol e Português. Autor de diversos sites e blogs jurídicos. Palestrante e Orientador Científico com diversos trabalhos e artigos acadêmicos.

      Curtir

  2. Infelizmente a realidade é outra..os familiares mandam Sedex Jumbo e pecúlio pq diferente do que a população pensa somos nós os familiares quem sustentamos e damos TD o que eles necessitam..o governo diz gastar 2000,00 por preso isso é uma grande mentira! Eles só dão café da manhã, almoço numa minúscula tapeware e janta..se eles querem comer algo nesse intervalo somos nós quem mandamos!!! Tem que fazer uma auditoria nos presídios pra ver realmente qto é o real gasto..pq até banho é gelado! É tratar as pessoas como lixos..jamais conseguirão reinceri Los na sociedade..meu filho vive esse drama e consequentemente eu TB..

    Curtir

    1. Prezada Sra. Maria Aparecida, Bom dia.

      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.

      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é gratuito (resposta de dúvidas, atendimentos a família de presos e etc) e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas, não só os Brasileiros, mas também aos presos Estrangeiros.

      Realmente, concordo com todos os pontos que a senhora colocou.

      O que buscamos, é realmente diminuir esse sofrimento e poder resgatar a dignidade de cada presidiário do nosso Brasil e do Mundo.

      Não pense que essa situação ocorre apenas aqui.

      Em 2017 visitei o FDC – Federal Detention Center nos Estados Unidos – MIAMI e a situação é bem parecida.

      A família carcerária é oprimida e esquecida mundialmente.

      São tratados como animais.

      Cabe a nós lutar pelos direitos dessas pessoas.

      Seguimos juntos nessa luta.

      Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.

      Em assim sendo, ficamos no aguardo de notícias e desejo boa sorte. Não deixe de falar para as outras famílias sobre nosso site http://www.liberdadeparatodos.com. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi, Advogado no Brasil, é formado em Direito pela Instituição Toledo de Ensino, Pós Graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Anhanguera, Pós Graduado em Direito Previdenciário pela Universidade Anhanguera, Pós Graduando em Direito Penal e Processual Penal pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio e Pós Graduando em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Imobiliário Aplicado pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Corporativo e Compliance pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Fluente em Inglês, Espanhol e Português. Autor de diversos sites e blogs jurídicos. Palestrante e Orientador Científico com diversos trabalhos e artigos acadêmicos.

      Curtir

  3. Boa tarde
    Não entendi direito como funciona essa questão do peculio, eu tenho como enviar dinheiro para um presidiário? Estou no DF, sabe me dizer como funciona?
    Desde já agradeço a atenção

    Curtir

    1. Prezada Sra. Rita de Cassia Rodrigues, Bom dia.

      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.

      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é gratuito (resposta de dúvidas, atendimentos a família de presos e etc) e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas, não só os Brasileiros, mas também aos presos Estrangeiros.

      A senhora pode enviar vale postal através dos Correios, que cobra uma taxa de aproximadamente R$20,00 pelo serviço, ok?

      Lembrando que quem enviar, deve estar cadastrado no rol de visitas do preso!

      Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.

      Em assim sendo, ficamos no aguardo de notícias e desejo boa sorte. Não deixe de falar para as outras famílias sobre nosso site http://www.liberdadeparatodos.com. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017 selecionada entre as práticas visitadas. Concorrente ao Prêmio Innovare – 2019 (em andamento).

      Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi, Advogado no Brasil, é formado em Direito pela Instituição Toledo de Ensino, Pós Graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Anhanguera, Pós Graduado em Direito Previdenciário pela Universidade Anhanguera, Pós Graduando em Direito Penal e Processual Penal pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio e Pós Graduando em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Imobiliário Aplicado pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Corporativo e Compliance pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Fluente em Inglês, Espanhol e Português. Autor de diversos sites e blogs jurídicos. Palestrante e Orientador Científico com diversos trabalhos e artigos acadêmicos.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: