Saiba como funciona o pecúlio.

O pecúlio é como se fosse um banco que o presidiário tem para fazer compras. No pecúlio não há contato direto do presidiário com o dinheiro, portanto, quem administra o dinheiro é a unidade prisional e os produtos são entregues ao presidiário.

Na penitenciária feminina de Pirajuí funciona da seguinte forma:

Quanto ao depósito é possível realiza-lo de duas maneiras:

1- indo visitar aos domingos e deixando o dinheiro na portaria do presídio.

2- pelo correio. Pelo correio é necessário, mesmo que não sejam realizadas visitas, que a pessoa esteja devidamente cadastrada no hall de visitas. Dessa forma, será entregue um vale postal para o presídio. Há custas de envio, mais a custa do telegrama de aviso (que consiste em um aviso que os correios fazem ao presídio para que o mesmo fique ciente que há um valor na conta).

NÃO é possível que outras pessoas senão as cadastradas no hall de visitas façam depósitos. Nem no próprio presídio, nem pelos correios. SOMENTE os cadastrados poderão depositar valores.

imageFeito o depósito a presidiária recebe uma vez por mês uma lista na qual constam os itens que podem ser adquiridos, a mesma escolhe quais deseja e os pedidos são feitos, o mercado envia esses pedidos no presídio e os mesmo serão entregues a cada presidiária.

Podem ser adquiridos itens como cigarros, alimentos (como refrigerantes e chocolates) pois os alimentos de necessidade básica e de higiene são fornecidos pelo presídio.

LIBERDADE PARA TODOS

Matéria escrita pela estagiária Victória Pescatori,

Do escritório Advocacia Pescatori Galendi.

Supervisão Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi.

JUNTOS NA LUTA COM A FAMÍLIA CARCERÁRIA BRASILEIRA.

6 comentários em “Saiba como funciona o pecúlio.

Adicione o seu

  1. QUERO ME EXPRESSAR AQUI POR SER DEFICIENTE E AGRADECER PELA DILIGENCIA DO SENHOR YVES QUE ME ATENDEU MUITO BEM E TIROU MINHAS DUVIDAS POR EU TER UM FILHO PRESO

    SENHOR YVES , MUITO OBRIGADO !! ATT, EZEQUIEL

    Curtido por 1 pessoa

    1. Prezado Sr. Ezequiel Vitorino da Silva, Bom dia.
      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-lo.
      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é totalmente gratuito e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas.
      Esse é o grande motivo que me faz continuar com essa luta, na ajuda a família carcerária. Hoje é um sábado, e está chovendo. Eu poderia estar na minha casa, deitado, descansando, mas decidi vir dar uma atenção a essas pessoas que tanto necessitam, e, isso me faz ter a certeza que fiz a opção certa, levantei e vim para o escritório. Vamos aguardar uns meses, e me procure novamente, que vamos verificar a possibilidade de progressão de regime do caso do seu filho! Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.
      Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Curtir

    1. Prezada Sra. Irani Martins, Bom dia!

      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.

      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é gratuito (resposta de dúvidas, atendimentos a família de presos e etc) e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas, não só os Brasileiros, mas também aos presos Estrangeiros.

      Agradeço o seu apontamento!

      Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.

      Em assim sendo, ficamos no aguardo de notícias e desejo boa sorte. Não deixe de falar para as outras famílias sobre nosso site http://www.liberdadeparatodos.com. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi, Advogado no Brasil, é formado em Direito pela Instituição Toledo de Ensino, Pós Graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Anhanguera, Pós Graduado em Direito Previdenciário pela Universidade Anhanguera, Pós Graduando em Direito Penal e Processual Penal pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio e Pós Graduando em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Imobiliário Aplicado pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Corporativo e Compliance pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Fluente em Inglês, Espanhol e Português. Autor de diversos sites e blogs jurídicos. Palestrante e Orientador Científico com diversos trabalhos e artigos acadêmicos.

      Curtir

  2. Infelizmente a realidade é outra..os familiares mandam Sedex Jumbo e pecúlio pq diferente do que a população pensa somos nós os familiares quem sustentamos e damos TD o que eles necessitam..o governo diz gastar 2000,00 por preso isso é uma grande mentira! Eles só dão café da manhã, almoço numa minúscula tapeware e janta..se eles querem comer algo nesse intervalo somos nós quem mandamos!!! Tem que fazer uma auditoria nos presídios pra ver realmente qto é o real gasto..pq até banho é gelado! É tratar as pessoas como lixos..jamais conseguirão reinceri Los na sociedade..meu filho vive esse drama e consequentemente eu TB..

    Curtir

    1. Prezada Sra. Maria Aparecida, Bom dia.

      Em nome da família carcerária, é um grande prazer poder ajudá-la.

      Antes de mais nada, gostaria de deixar consignado que nosso trabalho é gratuito (resposta de dúvidas, atendimentos a família de presos e etc) e que idealizei esse projeto, por verdadeiro amor a causa e por presenciar tantas injustiças com os reeducandos e reeducandas, não só os Brasileiros, mas também aos presos Estrangeiros.

      Realmente, concordo com todos os pontos que a senhora colocou.

      O que buscamos, é realmente diminuir esse sofrimento e poder resgatar a dignidade de cada presidiário do nosso Brasil e do Mundo.

      Não pense que essa situação ocorre apenas aqui.

      Em 2017 visitei o FDC – Federal Detention Center nos Estados Unidos – MIAMI e a situação é bem parecida.

      A família carcerária é oprimida e esquecida mundialmente.

      São tratados como animais.

      Cabe a nós lutar pelos direitos dessas pessoas.

      Seguimos juntos nessa luta.

      Caso tenha qualquer necessidade, entre em contato.

      Em assim sendo, ficamos no aguardo de notícias e desejo boa sorte. Não deixe de falar para as outras famílias sobre nosso site http://www.liberdadeparatodos.com. Que Deus te acompanhe! Atitudes como essa fortalecem a causa da família carcerária e faz com que seja possível termos força e motivos para continuar nessa luta junto as famílias e amigos dos presidiários e presidiárias do nosso país e do mundo. Todos tem direito a uma segunda chance, afinal herrar é umano!!! Conte sempre conosco. Na luta pela família carcerária! Um forte abraço e até mais! Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi – ADVOGADO – OAB/SP 316.599. http://www.liberdadeparatodos.com – Uma iniciativa de Utilidade Pública, concorrente ao Prêmio Innovare – 2017.

      Dr. Yves Patrick Pescatori Galendi, Advogado no Brasil, é formado em Direito pela Instituição Toledo de Ensino, Pós Graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Anhanguera, Pós Graduado em Direito Previdenciário pela Universidade Anhanguera, Pós Graduando em Direito Penal e Processual Penal pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio e Pós Graduando em Direito do Trabalho e Processual do Trabalho pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Imobiliário Aplicado pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Pós Graduando em Direito Corporativo e Compliance pela Escola Paulista de Direito – Faculdade Estácio. Fluente em Inglês, Espanhol e Português. Autor de diversos sites e blogs jurídicos. Palestrante e Orientador Científico com diversos trabalhos e artigos acadêmicos.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: